Ato em Barcarena

Ato pelo descaso dos crimes de mineração

Manhã desta segunda-feira (18/02) o ato em frente à sede da mineradora Hydro Alunorte no município de Barcarena (PA).

Elas denunciam 1 ano de impunidade do vazamento de rejeitos que atingiu a bacia do rio Pará. As famílias relatam que a água está contaminada com vários resíduos da mineração de bauxita conduzida pela mineradora, além da existência de duto clandestino usado pela mineradora para despejar rejeitos diretamente no meio ambiente.

A ação também foi de solidariedade às vítimas de Brumadinho, segundo as famílias e as organizações participantes, se não houver medidas emergenciais, Barcarena sofrerá uma tragédia Ambiental como ocorrida em MG.

Participam do ato Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM), Vía Campesina e representantes da Frente contra Mineração.

Fotos: comunicação MST e MAB

 

 

Deixe uma resposta