Jornada de Lutas por Reforma Agrária Popular em defesa da Amazônia, Massacre Nunca Mais!

Comunicação do MST

 

 

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizará a Jornada de Lutas por Reforma Agrária Popular em defesa da Amazônia, Massacre Nunca Mais. Em Belém, as atividades acontecerão em frente ao mercado de São Brás.  De 15 a 17 de Abril em Belém do Pará. São esperados mais de 400 camponeses/as da região norte e nordeste paraense.

Há 23 anos os trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o país realizam atos em memória à 21 camponeses do Massacre de Eldorado dos Carajás na Curva do “S” no Pará. Chacina conhecida mundialmente e decretada por lei como Dia da Reforma Agrária no país.

Serão três dias de atividades com a 5ª Feira da Reforma Agrária “Mamede Gomes” com debates temáticos sobre a produção de alimentos saudáveis, educação e cultura, sobre os direitos sociais, exibição de vídeos, exposição de fotografias e apresentações culturais.

Neste ano além dos camponeses/as e representantes das organizações populares estarão presentes os Índios Kayapó que estão em Belém.

A jornada do MST acontece simultaneamente em Belém e Eldorado dos Carajás (Curva do S), com a participações dos trabalhadores/as, sindicalistas, intelectuais, artistas, produtores culturais, estudantes, religiosos/as.

Acompanhe o que já aconteceu, está acontecendo, que vai acontecer, nesses dias de luta na programação abaixo:

PROGRAMAÇÃO

Jornada da Reforma Agrária popular, em defesa da Amazônia, Massacres Nunca Mais!

5ª Feira da Reforma Agraria Mamede Gomes

15/04 e 16/04 – 06h:00m as 20h:00m
17/04 – 06h: 00m as 17h: 00m

Dia 14/04 – A partir da tarde – chegada das áreas e organização do acampamento

Dia 15/04

  • 10h: 00m – abertura do acampamento e plenária de organicidade
  • 14h: 00m – roda de conversa – Educação Popular e o Legado de Paulo Freire no século XXI (João Colares – Cátedra Paulo Freire-Professor da UEPA, Elisety Veiga – SDDH, Carla Lagóia – MST).
  • 16h:30m – Café feminista: Mulheres Camponesas, violência e resistência (Eunice Guedes – FMAP/CRP-10; Gizele Freitas – Resistência; Lindalva dos Santos – MMCC; Coordenação – MST).
  • 19h: 00m – Cinema da Terra (IACITATA/MST) Doc. “Ele não! Mulheres paraenses contra o fascismo”.
  • 20h: 00m – Noite cultural

Dia: 16/04

  • 10h: 00m – Plenária – Reforma agrária Popular e Agroecologia (Jaqueline Felipe – Articulação Nacional de Agroecologia; Tainá Marajoara – Comitê contra os  Agrotóxicos; Representante Caiapó; Raimundo Filho – MST).
  • 14h – Plenária – Reforma da Previdência (Maria Elvira – IAGUA; Conceição Yolanda – SINTEPP; Representante da CUT).
  • 16h: 00m- Plenária – Análise de Conjuntura e os desafios dos Movimentos Sociais. (Fabiano Bringel – MAM; Robert Rodrigues – MAB: Breno Neno – LPJ; Ádima Monteiro – FBP; Eldenilson Monteiro – MST).
  • 19h: 00m – Cinema da Terra (IACITATA/MST) Doc. – Ter de onde partir (a experiência do LAPO).
  • 20h: 00m – Noite cultural

Dia: 17/04.

  • Manhã – Mobilização por democracia, justiça e liberdade e contra a violência no campo.
  • 17h: 00m- Celebração Interreligiosa “23 Anos de Eldorado, Massacres continuam”

Deixe uma resposta