Noticiário SDDH

A CRIMINOSA CONTAMINAÇÃO POR AGROTÓXICOS DE ACAMPADOS DO MST EM SANTA LUZIA DO PARÁ


Compartilhar
Tweet

DENÚNCIA

 

 

A CRIMINOSA CONTAMINAÇÃO POR AGROTÓXICOS DE ACAMPADOS DO MST EM SANTA LUZIA DO PARÁ

 

 

            A Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos vem a público denunciar e manifestar sua indignação pela criminosa contaminação por agrotóxicos de agricultores e suas lavouras, como também o meio ambiente que vem ocorrendo no Acampamento Quintino Lira, no município de Santa Luzia do Pará, Estado do Pará.

 

            Segundo relato de representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST): As famílias denunciam que nos últimos dias estão sofrendo com a intoxicação devido ao uso indiscriminado dos agrotóxicos em fazendas na região. Aviões são usados para jogar agrotóxicos que estão atingindo as plantações e moradias.

 

            “Nossas roças, mulheres grávidas, crianças e nossos idosos são os mais afetados. Há vários relatos de dores no corpo, falta de ar, forte dor de cabeça, ardência nos olhos e enjoos ocasionados pela inalação dos agrotóxicos”, denunciam as famílias.

 

            Com o uso dos químicos utilizados, a situação atinge também comunidades vizinhas ao acampamento. Toda uma região está afetada. O manuseio de agrotóxicos está contaminando o meio ambiente, os alimentos e a água consumida pelos moradores da região.

 

            

Embora tenha havido diversas denúncias à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por parte dos agricultores, o que resultou em notificação aos responsáveis pela contaminação, o crime continua ocorrendo, sem nenhuma modificação no modo de aplicação do veneno.

 

            As denúncias de uso indiscriminado de agrotóxicos são recorrentes em todo o país, sendo os agrotóxicos utilizados como arma biológica nessa guerra que o agronegócio mantém contra os trabalhadores rurais no Brasil, com o aval, infelizmente, do Governo Brasileiro, em vergonhoso descumprimento da legislação pátria e política declarada de liberação de uso de agrotóxicos sem precedentes na história recente do país.

 

            A SDDH já enviou pedido de investigação ao Secretário de Segurança Pública, e ao Delegado Geral da Polícia Civil, e exige rigorosa apuração dos fatos e punição dos responsáveis.

 

#Agrotoxicos

#Veneno

#Saúde

#DireitosHumanos

#Trabalhadores


Noticiário SDDH

clique para ver outras noticias


noticias

Julgamento do Assassinato de Leila Arruda

noticias

Justiça para Leila Arruda

noticias

Lançamento do Documentário e Relatório de denuncia, as ameaças sofridas pelos Indígenas no Tapajós

noticias

Mártires da Terra

Trav. 25 de Julho, 215 - A - Guamá, Belém - PA - 66075-513
Telefone: (91) 3241-1518 /sddh@sddh.org.br

youtube