Noticiário SDDH

Aruká Juma, Presente!


Compartilhar
Tweet

“Assim como assassinou seus antepassados, é uma perda indígena devastadora e irreparável” é como se descreve em nota sobre a morte do guerreiro Amoim Aruká, o último homem do povo Juma, ocorrida na manhã desta quarta-feira (17/02) a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e Opi - Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato.

A família de Aruká são os últimos sobreviventes do povo Juma, etnia do tronco linguístico Tupi Kagwahiva. Amoim Aruká, era um dos sobreviventes do massacre ocorrido na época ditadura civil-militar nos anos 60. Ele lutou pela demarcação do território Juma, que teve sua homologação apenas em 2004, a Terra Indígena (TI) Juma. 

O cacique morreu vítima da covid-19 e negligência do estado brasileiro. A Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos manifesta pesar e solidariedade aos familiares e amigos pelo falecimento desse grande guerreiro.

Veja a nota da APIB: https://apiboficial.org/.../a-devastadora-e-irreparavel.../

#Defensor
#indígenas
#DH



Noticiário SDDH

clique para ver outras noticias


noticias

Julgamento do Assassinato de Leila Arruda

noticias

Justiça para Leila Arruda

noticias

Lançamento do Documentário e Relatório de denuncia, as ameaças sofridas pelos Indígenas no Tapajós

noticias

Mártires da Terra

Trav. 25 de Julho, 215 - A - Guamá, Belém - PA - 66075-513
Telefone: (91) 3241-1518 /sddh@sddh.org.br

youtube