Noticiário SDDH

Lançamento do Documentário e Relatório de denuncia, as ameaças sofridas pelos Indígenas no Tapajós


Compartilhar
Tweet

Por Cristivan Alves

 

  O lançamento do Documentário e Relatório “Tapajós Ameaçado”, aconteceu na tarde  do dia  29 de setembro, no  Cine Líbero Luxardo do CENTUR em Belém, Pará. O evento contou com participação de varias pessoalidade da ciência, defensores e defensoras de Direitos Humanos do Estado. O trabalho produzido pelo Antropólogo e Advogado; conselheiro da SDDH, Vinícius da Silva Machado, em parceria com a Associação Para os Povos Ameaçados (APA) - Suíça.

 

  A investigação científica aprofundada sobre os projetos  de  infraestrutura  planejados  na  Amazônia,  nomeadamente  a  Ferrogrão  (EF170),  as  usinas hidrelétricas  e  a  hidrovia  e  que  afetam  diretamente  os  povos  indígenas  da  região  do  rio  Tapajós. Só no Baixo Tapajós segundo Indígena Auricélia são 18 Território Indígenas são afetado pelos Grandes projetos de Exploração, cada território tem uma ou mais de uma, ameaça.

 

 

A indígena da Coordenação Executiva do Conselho Indígenas Tapajós Arapiuns, do Município de Santarém Oeste do Pará, Auricelia Arapiuns fala da importância de está participando e do lançamento do Relatório e Documentário ”Tapajós Ameaçado”,  diz que: “A gente fica muito feliz, porque para nós é um apoio a nossas causas,  as nossas lutas, é algo que vem fortalecer e vem ajudar a fazer as denuncias  de violações de direitos e denunciar as ameaças da nossas vidas e de nosso território que a gente vem recebendo no Tapajós. Esse momento é oportuno, importante para denunciar não só aqui no Brasil, para denunciar no mundo as violações que a gente vem sofrendo aqui no Tapajós.

 

    Auricélia diante de tantas ameaças no território sita as principais, veja: ‘Hoje no nível de Brasil, a gente tem sofrido ameaças pelos projetos de leis que tentam barra as demarcações de terra, o marco temporal. A indígena diz que os projetos específicos na Região do Tapajós são: “O projeto do Ferro Grão que quer passar por cima (por dentro) de nosso território, os Projetos de Hidrelétrica; Madeireiras que esta se intensificando a escoação de madeira (eles estão invadindo o território);  Mineração  e principalmente, hoje as violações de ameaças e intimidações de lideranças e a tentativa de cooptar (aliciar) varias comunidades, então esses grande projetos ele tem levado vários conflitos. Incitado vários conflitos entre os povos indígenas e populações tracionais, até mesmos entre os povo indígenas, como está acontecendo na nossa região do Baixo Tapajós, em outra região do Tapajós é o conflitos com indígenas excitado  e não excitado pelo garimpeiro para brigar entre si e fragilizar a luta do movimento”. 

 

  Além  de Belém do Pará, Brasil, o  Documentário e relatório “Tapajós Ameaçado” foi lançado também em Berlim Capital da Alemanha de forma online, na Suíça foi um lançamento presencial, com a participação do Cacique Joares Munduruku, e da Alexandra Munduruku.

 

Foto: Cristivan Alves

 

#vidasindiginasimportam

#naomarcotemporal

#nenhumdireitosamenos

 

Veja na íntegra o filme acessando o Link abaixo:

https://youtu.be/Ob5ViCtkHl0

Galeria de fotos


noticias

noticias

noticias

noticias


Noticiário SDDH

clique para ver outras noticias


noticias

Julgamento do Assassinato de Leila Arruda

noticias

Justiça para Leila Arruda

noticias

Lançamento do Documentário e Relatório de denuncia, as ameaças sofridas pelos Indígenas no Tapajós

noticias

Mártires da Terra

Trav. 25 de Julho, 215 - A - Guamá, Belém - PA - 66075-513
Telefone: (91) 3241-1518 /sddh@sddh.org.br

youtube