Noticiário SDDH

NOTA DE SOLIDARIEDADE E REPÚDIO


Compartilhar
Tweet

A Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) veem a público manifestar solidariedade povo Indígena Araribóia pelo assassinato do guerreiro Paulo Paulino Guajajara que foi executado de forma brutal por um grupo de madeireiros e invasores da Terra Indígena Araribóia. Desejamos também melhoras ao líder indígena, guardião da floresta Laércio Guajajara que sobreviveu aos ataques.


A cada dia, os indígenas continuam como os principais inimigos do Estado brasileiro. Vítimas de um país assolado por um desgoverno, de homens inimigos do povo que persegue, reprime e mata.


A institucionalização dessa violência que tem como objetivo um projeto de exploração e genocídio contra o povo pobre e etnocídio das populações indígenas para garantir a privatização dos bens públicos e de destruição dos recursos da natureza em prol do lucro, uma ameaça a Amazônia e seus povos.


Não podemos permitir que tais ações perpetuem, continuamos na defesa e luta pelo direito à vida. Na Amazônia, são os povos indígenas, camponeses, populações tradicionais, ribeirinhos e tantos outros que lutam em defesa dos seus territórios e comunidades.


Repudiamos mais esta violência! Exigimos que sejam tomadas medidas urgentes de proteção aos defensores e defensoras da floresta!


                                                       SDDH, 04 DE NOVEMBRO DE 2019

 



Trav. 25 de Julho, 215 - A - Guamá, Belém - PA - 66075-513
Telefone: (91) 3241-1518 /sddh@sddh.org.br

youtube